Lose the cape

Como mãe recente, penso muitas xs nesta nova condição e nos sentimentos que me provoca. Em como é, simultaneamente, a melhor e a mais desafiante etapa da minha vida. Em como me faz sentir tão forte e tão fraca. Ou chorar no mesmo dia lágrimas de felicidade ou de cansaço. 

Ser mãe desperta uma dualidade de emoções, por vezes contraditórias, que  nos fazem questionar se somos as melhores ou piores do mundo. E é nesses momentos que é preciso ler textos como este, que descobri através da sempre certeira Maria Ana Ferro. Porque ser mãe tem, de facto, tanto de segunda-feira como de sabor a fim-de-semana. Temos é que aprender a navegar consoante o calendário. 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s